Saúde financeira: saiba como organizar seu dinheiro

fale com o : pelo | via e-mail

Voltar a Página Anterior


Postado dia 31 de julho de 2017 por


Ter uma relação saudável com as próprias finanças é fundamental para manter o equilíbrio mental e concretizar sonhos e planos. Portanto, organização é a palavra de ordem, o que não significa cortar gastos, mas sim fazer escolhas inteligentes para que o dinheiro renda melhor, e assim, estar precavido para o futuro.

Veja a seguir o passo a passo para organizar e controlar melhor o seu dinheiro:

 

1 – Avalie sua renda

Qual é a sua renda total? Anote em um papel seu salário e outras rendas que você tiver, como pensão alimentícia, trabalhos extras, etc.

 

2 – Calcule suas despesas

Uma das etapas mais difíceis da organização de um orçamento é determinar quanto dinheiro você gasta. Primeiro, faça uma lista de todas as suas despesas fixas. Isso deve incluir itens como:

Em seguida, inclua despesas variáveis como alimentação, gás, entretenimento, etc. Depois de adicionar suas despesas mensais, subtrai-as de sua renda e isso lhe dirá se você está gastando mais do que você ganha. Você também terá uma melhor ideia de onde pode reduzir.

 

3 – Corte os “extras”

Agora que você conseguiu especificar as suas despesas, é hora de ver o que você pode reduzir. Se, por exemplo, você costuma gastar R$100,00 por mês com café da manhã na lanchonete da esquina, considere modificar esse hábito e comer em casa.

Uma maneira de determinar em quais áreas você pode reduzir gastos é avaliar quais despesas são necessárias e supérfluas. Isso dará a você uma nova perspectiva e um impulso extra para cortar as despesas que não são realmente necessárias. Outras formas de reduzir suas despesas gerais e/ ou projetar um orçamento incluem:

 

4 – Poupe

Com o ambiente econômico instável, nunca foi tão importante ter uma reserva financeira para emergências. Portanto, lembre-se de guardar todo mês um pouco de dinheiro. Especialistas afirmam que o ideal é poupar entre 10% a 15% do salário mensalmente e ter entre três a seis meses de salário no fundo de emergência.

 

Lembre-se que para manter o planejamento financeiro em ordem é importante estar sempre acompanhando sua planilha e fazer escolhas inteligentes. O esforço valerá a pena!

Receba novos posts por e-mail:
Powered by follow.it

Está passando por alguma dessas situações ou precisa de ajuda em alguma outra questão?

Fale com o d .

Este é um recurso exclusivo e foi desenvolvido para ajudar você a melhorar sua saúde mental positiva, sua resiliência e o equilíbrio entre sua vida profissional e sua vida pessoal.

Se você sentir que é uma ameaça para si mesmo ou para outra pessoa, entre em contato com o d ou ligue para o telefone de emergência 190 ou para 188 para falar com o CVV – Centro de Valorização da Vida em todo o território brasileiro.