Gestão de pessoas: como liderar equipes com diferentes gerações?

fale com o : pelo | via e-mail

Voltar a Página Anterior


Postado dia 1 de fevereiro de 2019 por


Atualmente, o mercado de trabalho está vivendo um momento desafiador do ponto de vista gerencial. Liderar equipes com pessoas semelhantes já é difícil, imagina gerenciar um grupo de pessoas de diferentes gerações?

Um estudo da Forbes comprova que a diversidade nas empresas traz inovação e é bom para o negócio. Isso está relacionado com gêneros, raças, orientação sexual e também gerações. Portanto, é importante diversificar as equipes.

Vamos ver quais são os diferentes perfis geracionais que existem hoje em dia e que podem ser encontrados em uma equipe de trabalho.

 

Baby Boomers

 

Geração X

 

Geração Y

 

Geração Z

 

Como trabalhar com diferentes gerações?

Como você viu, cada uma dessas gerações viveu momentos sociais completamente diferentes. Isso modelou as formas de pensar e agir, inclusive no ambiente organizacional. Portanto, essas gerações têm visões e valores diferentes, mas podem trabalhar bem se houver uma boa liderança. Confira algumas dicas para lidar com as divergências:

  1. Incentive o diálogo

É essencial repensar a comunicação para cativar todas as gerações. Uma ideia é realizar encontros para promover a integração ou pedir feedbacks para ver o que pode ser melhorado em relação à comunicação da equipe.

 

  1. Explore o melhor de cada um

De acordo com a Sociedade Brasileira de Coaching, sabedoria é uma característica dos Baby Boomers, já a geração Y está atenta às tendências do mercado. É importante aprender com os demais. Ao juntar as habilidades de cada um, é possível criar grandes projetos. 

 

  1. Promova um ambiente de respeito

Diferentes gerações podem não entender o outro e ter menos paciência. Faça as pessoas entenderem as diferenças e valorizar as características das outras gerações. Não tolere falta de educação e dê espaço para que todos contribuam com ideias. 

 

  1. Aprenda a motivar de forma diferente

Os mais velhos costumam acreditar que o trabalho é a principal parte de suas vidas e estão dispostos a se sacrificar pela empresa. Mas, se sentem injustiçados no caso de uma promoção frustrada.

Já os mais novos são estimulados por feedbacks positivos e preservam mais a qualidade de vida. Atender a essas expectativas faz as diferenças serem reduzidas. Porém, é preciso bom senso. Exagerar nos feedbacks e no reconhecimento também pode gerar ciúmes e acomodação. E é importante estimular o compromisso com a empresa sem perder a qualidade de vida.

 

  1. Providencie sessões de coaching

A figura de um coach pode ajudar no trabalho em equipe aproveitando o melhor de cada geração. Ele pode fazer com que os profissionais repensem suas atitudes e limitações com perguntas que levem a essa reflexão.

 

Compreender e saber lidar com variados perfis e capacidades é a chave para o sucesso de um líder. Gostou deste artigo? Confira outros textos sobre como lidar com sua carreira na página Minha Carreira.

Receba novos posts por e-mail:
Powered by follow.it

Está passando por alguma dessas situações ou precisa de ajuda em alguma outra questão?

Fale com o d .

Este é um recurso exclusivo e foi desenvolvido para ajudar você a melhorar sua saúde mental positiva, sua resiliência e o equilíbrio entre sua vida profissional e sua vida pessoal.

Se você sentir que é uma ameaça para si mesmo ou para outra pessoa, entre em contato com o d ou ligue para o telefone de emergência 190 ou para 188 para falar com o CVV – Centro de Valorização da Vida em todo o território brasileiro.