Janeiro Branco: boas práticas de saúde mental em um ano de pandemia

fale com o : pelo | via e-mail

Voltar a Página Anterior


Postado dia 5 de janeiro de 2021 por


Janeiro Branco: boas práticas de saúde mental em um ano de pandemia

Nunca se falou tanto sobre a importância de cuidarmos da saúde mental como nos últimos anos e percebemos ainda mais sua relevância em 2020, vivenciando a pandemia. Afinal, não tem como negar que todos nós fomos afetados mentalmente  por essa nova realidade.

Aproveitando que o início do ano sempre chega acompanhado de muita esperança de dias melhores e aquela vontade de cuidar mais de si, adotando hábitos saudáveis, vamos falar sobre o movimento Janeiro Branco, que tem como foco o cuidado com a saúde mental.

Conheça o movimento Janeiro Branco

O Janeiro Branco tem o objetivo de trazer a importância de olharmos com mais carinho e atenção para as questões ligadas à nossa saúde mental, cuidando de aspectos emocionais da mesma forma como cuidamos da saúde física.

Para isso, usa a energia da virada de calendário, que traz um novo ano “em branco”, pronto para que possamos reescrever a nossa história, mudar o que não funcionou no ano que passou e procurar viver de uma forma mais saudável e feliz.

O movimento foi criado em 2014 por um grupo de psicólogos do estado de Minas Gerais que queriam conscientizar as pessoas sobre a importância de cuidar da saúde mental. Para isso, apostaram em palestras, debates, vídeos informativos que até hoje ajudam a divulgar a mensagem.

O alcance hoje já contempla um grande público em São Paulo, mais de 30 cidades de Minas Gerais e países como os Estados Unidos, Japão e Portugal.

Boas práticas para a promoção da saúde mental

Pratique atividade física

Mexer o corpo ajuda a liberar toda a energia acumulada e aliviar o estresse e carga mental. Escolha alguma modalidade que goste e incorpore em sua rotina.

Tenha uma alimentação equilibrada

Tudo o que comemos influencia em nosso organismo. Optar por uma dieta balanceada com a presença de nutrientes, ajuda na manutenção e desempenho das atividades cerebrais. 

Conviva com pessoas de quem você gosta

Estar perto das pessoas que amamos nos mantém mais seguros e calmos.

Tenha momentos de lazer

A vida não pode ser só trabalho e preocupações com contas para pagar. Reserve um tempo na sua agenda para atividades meramente recreativas.

Organize sua rotina

Viver no caos pode acionar gatilhos de ansiedade e estresse crônico. Organize o seu dia utilizando uma agenda física ou no próprio celular para ter maior clareza das suas atividades. A organização tem o poder de nos deixar mais centrados e tranquilos.

Medite

A prática meditativa nos traz para o momento presente, diminui o estresse e os níveis de ansiedade.

Faça terapia

Se possível, aposte em um acompanhamento com um profissional de psicologia ou psiquiatria. Essa é uma excelente alternativa para trabalhar as questões da sua vida e de cuidar da sua saúde mental.

Quando é hora de procura ajuda profissional

Todos nós, em algum momento da vida, nos sentimos tristes, desanimados, abatidos. Os motivos podem ser os mais variados, incluindo até algo que desconhecemos.

A questão começa a se tornar um problema quando o período se estende por muito tempo e começa a atrapalhar o andamento da sua vida, incluindo a realização das tarefas simples do dia a dia.

A Organização Pan-Americana da Saúde (OPAS) estima que mais de 300 milhões de pessoas sofram com a depressão. A condição é diferente das flutuações usuais de humor e das respostas emocionais de curta duração aos desafios da vida cotidiana.

Especialmente quando tem intensidade moderada ou grave, a depressão pode se tornar uma crítica condição de saúde. Ela pode causar à pessoa afetada um grande sofrimento e disfunção no trabalho, na escola ou no meio familiar.

Em casos amis graves, a depressão pode levar ao suicídio. Cerca de 800 mil pessoas morrem por suicídio a cada ano, sendo essa a segunda principal causa de morte entre pessoas com idade entre 15 e 29 anos.

Separamos algumas situações que servem como alerta de que, talvez, seja a hora de buscar uma ajuda profissional para uma avaliação. Fique atento se você ou alguém ao seu redor está apresentando e vivendo algumas dessas situações:

Incorporando em sua rotina alguns hábitos simples, você já conseguirá sentir os efeitos positivos no seu dia a dia, cuidar da saúde mental é tão fundamental quanto cuidar da saúde física. Aposte no equilíbrio e procure ajuda quando for necessário.

Confira mais conteúdos que ajudarão a cuidar da sua saúde aqui!

Esse conteúdo foi desenvolvido pela Latinmed, agência de comunicação e marketing para área de saúde; e validado pela CGP Brasil, especializada em Programas de Assistência ao Empregado.

Receba novos posts por e-mail:
Powered by follow.it

Está passando por alguma dessas situações ou precisa de ajuda em alguma outra questão?

Fale com o d .

Este é um recurso exclusivo e foi desenvolvido para ajudar você a melhorar sua saúde mental positiva, sua resiliência e o equilíbrio entre sua vida profissional e sua vida pessoal.

Se você sentir que é uma ameaça para si mesmo ou para outra pessoa, entre em contato com o d ou ligue para o telefone de emergência 190 ou para 188 para falar com o CVV – Centro de Valorização da Vida em todo o território brasileiro.