Promessas de começo de ano: dieta e atividades físicas

fale com o : pelo | via e-mail

Voltar a Página Anterior


Postado dia 5 de janeiro de 2021 por


Promessas de começo de ano: dieta e atividades físicas

Hábitos simples que podem proporcionar um 2021 mais saudável e feliz

Toda virada de ciclo traz aquela vontade de adotar mudanças, principalmente no que diz respeito à promoção da saúde, bem-estar e qualidade de vida. E, com a chegada de um novo ano, não poderia ser diferente.

Em 2020, vivenciamos muitas situações que nos trouxeram ainda mais clareza sobre a importância de cuidar da saúde e, com toda a certeza, uma alimentação equilibrada e a realização de atividades físicas fazem parte desse contexto.

Existem muitas doenças relacionadas ao sedentarismo e má alimentação que diminuem consideravelmente a expectativa de vida e colocam as pessoas ainda mais vulneráveis a outras doenças.

 

Os dados são preocupantes

O IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) divulgou recentemente a Pesquisa Nacional de Saúde 2019, envolvendo 108 mil domicílios brasileiro, e revelou que a proporção de adultos obesos mais que dobrou entre 2013 e 2019: de 12,2% para 26,8%.

E, quando falamos especificamente das mulheres, esse número disparou: de 14,5% para 30,2%.

Outra pesquisa que preocupa está relacionada ao número de pessoas diagnosticadas com diabetes. De acordo com a International Diabetes Federation (IDF) em sua divulgação mais recente, até o ano de 2015 já eram 14,3 milhões de pessoas com diabetes  no Brasil e as estimativas para 2040 chagam à marca de 23,2 milhões de pessoas que irão desenvolver a doença. 

Dieta e atividades físicas: por onde começar

Sabemos o quanto pode ser animador esse momento de virada de chave e tomada de decisão para iniciar novos hábitos. Mas temos ciência também de que muitas pessoas se sentem perdidas, sem saber exatamente por onde começar.

Sendo assim, para ajudar você nesse processo, apresentamos algumas medidas que podem ser adotadas, principalmente em relação à alimentação e à atividade física para um ano novo cheio de saúde.

1 – Dê um passo de cada vez

Por mais empolgado que você esteja, não é aconselhável mudanças bruscas, pois normalmente, na mesma intensidade com que você começa, desiste. Incluir um hábito novo em sua vida é um processo gradual que precisa ser respeitado. Observe seus limites e como o seu organismo vai respondendo a cada estimulo, para que, assim, possa adicionar ou intensificar ações.

2 – Cuidar da alimentação é, sem dúvida, um dos passos mais importantes

Quem já não ouviu aquela frase: somos o que comemos? Logo, iniciar a sua mudança pelos seus hábitos alimentares é o que vai trazer a energia que você precisa para colocar qualquer outro plano em prática.

Dê preferência a alimentos naturais, aumente a ingestão de frutas, legumes e verduras na sua dieta, e diminua o consumo de industrializados e processados.

O Ministério da Saúde defende que todos os nutrientes existentes nos alimentos são essenciais e cada um deles tem um papel fundamental para o organismo. Ou seja, nenhum nutriente é mais ou menos importante que o outro. Todos eles são necessários para garantir a nossa saúde.

E você consegue construir uma refeição completa, rica em diversos nutrientes, priorizando uma dieta colorida, consumindo frutas, verduras e legumes de cores diferentes. Exemplo: as frutas e verduras amarelas e laranjas são fontes de vitamina A e os vegetais verde-escuros, fontes de ferro.

3 – Descubra uma atividade física que dê prazer

Você terá muito mais chances de sucesso se escolher uma atividade física que dê prazer. Pode ser caminhada, corrida, musculação, yoga ou um esporte como futebol, vôlei, tênis, surf. Não importa: o que vale aqui é algo que faça você feliz.

Comece ao poucos, com alguns dias da semana e período reduzido, como meia hora no dia, e vá aumentando a frequência e tempo conforme for se sentindo confortável e disposto.

Aqui, o que vale é observar como seu corpo responde a cansaço, resistência e dores. É importante sempre respeitar seus limites.

4 – Medite

A meditação está em alta e você pode aproveitar para experimentar os benefícios que ela proporciona e incorporar na sua rotina diária. Ela traz você para o momento presente, relaxa e diminui o estresse e ansiedade.

Procure um local tranquilo, feche os olhos e foque na sua respiração. Comece com 1 minuto por dia e vá aumentando o tempo conforme for se sentindo mais à vontade.

Se precisar de ajuda, existem muitos vídeos disponíveis na internet com meditações guiadas e aplicativos de celular que também auxiliam.

5 – Busque auxílio de um especialista

Principalmente quando se trata da elaboração de uma dieta ou o desenvolvimento de um treino com exercícios específicos, procurar os profissionais correspondentes, como nutricionista e educador físico, é sempre a melhor alternativa.

Dessa forma, você evita problemas futuros que possam estar relacionados a decisões feitas sem o conhecimento adequado.

6 – Não desista

Não deixe que as desculpas internas atrapalhem o seu processo. As mais comuns são falta de tempo e falta de dinheiro, que normalmente estão ligadas à compra e ao preparo de uma refeição saudável, disponibilidade para ir à academia, rotina agitada em casa que não permite silêncio para meditar.

Sabemos que pode ser doído, mas essas são suas vozes sabotadoras. Não existe falta de tempo, existe o que você prioriza. Quanto ao dinheiro, tente se organizar, lembrando que não se trata de um gasto, e sim de um investimento no que mais importa: sua saúde. Não dá para pagar uma academia, personal treiner? Caminhar é de graça, ou seja, sempre existirão alternativas.

Agora é com você!

Confira mais conteúdos que ajudarão a cuidar da sua saúde aqui!

Esse conteúdo foi desenvolvido pela Latinmed, agência de comunicação e marketing para área de saúde; e validado pela CGP Brasil, especializada em Programas de Assistência ao Empregado.

Receba novos posts por e-mail:
Powered by follow.it

Está passando por alguma dessas situações ou precisa de ajuda em alguma outra questão?

Fale com o d .

Este é um recurso exclusivo e foi desenvolvido para ajudar você a melhorar sua saúde mental positiva, sua resiliência e o equilíbrio entre sua vida profissional e sua vida pessoal.

Se você sentir que é uma ameaça para si mesmo ou para outra pessoa, entre em contato com o d ou ligue para o telefone de emergência 190 ou para 188 para falar com o CVV – Centro de Valorização da Vida em todo o território brasileiro.