Inclusão de pessoas com deficiência: veja como você pode contribuir

fale com o : pelo | via e-mail

Voltar a Página Anterior


Postado dia 21 de setembro de 2018 por


O Dia Nacional de Luta da Pessoa com Deficiência é celebrado em 21 de setembro e chama a atenção para a inclusão de pessoas com deficiência. Muitos avanços ocorreram nos últimos anos, mas ainda falta a superação de algumas barreiras.

No Brasil, mais de 45 milhões de pessoas têm algum tipo de deficiência, o que corresponde a quase 24% da população, como revela a última pesquisa Censo 2010, do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Mas os números não mostram os casos de discriminação e falta de acessibilidade.

A inclusão das pessoas com deficiência não é simplesmente uma questão de promover o acesso físico a lugares, mas também um assunto de inclusão social integral e respeito ilimitado. Infelizmente, ainda falta conscientização por parte da população para conseguirmos uma sociedade mais justa e equitativa.

 

Tipos de deficiência

Uma pessoa com deficiência não é uma pessoa doente. A deficiência somente impõe, em casos específicos, a necessidade de adaptações. Existem alguns tipos de deficiência, como:

São vários os possíveis graus das deficiências, mas na maioria dos casos, é possível estudar, trabalhar, ter uma vida social e praticar esportes como qualquer outro indivíduo. A diferença é que algumas adaptações são necessárias.

Você conhece a história do australiano Nick Vujicic? Ele nasceu sem os braços e as pernas devido a uma rara síndrome chamada tetra-amelia. Teve que superar vários obstáculos e passou anos convivendo com ignorância e desrespeito de outros. Foi difícil, mas isso não o impediu de conquistar seus sonhos. Hoje, ele é palestrante motivacional conhecido internacionalmente.

 

Como contribuir com a inclusão de pessoas com deficiência?

Uma vida plena e cheia de realizações sempre é possível quando reduzimos as barreiras. Todos nós, como cidadãos, podemos fazer a nossa parte para ajudar na inclusão e acessibilidade de pessoas com deficiência. O respeito à diversidade humana é o primeiro passo para construirmos uma sociedade inclusiva. Veja algumas dicas:

Informe-se – prefira usar o termo mundialmente aceito: “pessoa com deficiência” em vez de “portador de deficiência” e “pessoa com necessidades especiais”. Há uma associação negativa com a palavra “deficiente”, pois denota incapacidade ou inadequação à sociedade.

 

Aja com naturalidade

Lembre-se de sempre considerar a experiência da pessoa com deficiência. Se for desenvolver qualquer projeto, pense na acessibilidade e na inclusão, e procure saber quais são as possíveis barreiras de sua proposta para uma pessoa com deficiência.

Achou este artigo interessante? Se tiver alguma dúvida, entre em contato com o Programa de Apoio ao Empregado da sua empresa pelo 0800 ou por e-mail.

Receba novos posts por e-mail:
Powered by follow.it

Está passando por alguma dessas situações ou precisa de ajuda em alguma outra questão?

Fale com o d .

Este é um recurso exclusivo e foi desenvolvido para ajudar você a melhorar sua saúde mental positiva, sua resiliência e o equilíbrio entre sua vida profissional e sua vida pessoal.

Se você sentir que é uma ameaça para si mesmo ou para outra pessoa, entre em contato com o d ou ligue para o telefone de emergência 190 ou para 188 para falar com o CVV – Centro de Valorização da Vida em todo o território brasileiro.